O louco mês de dezembro do futebol inglês ainda está a começar, mas já baralhou muitas contas. Fica a rir-se no fim da jornada 15 o Liverpool, que subiu ao segundo lugar em igualdade com o Chelsea, depois de a equipa de José Mourinho ter perdido em casa do Stoke City ao cair do pano. Foi uma boa jornada para quem é de Liverpool. Outro dos vencedores da ronda é o Everton, que impediu o Arsenal de ganhar ainda maior vantagem na frente, não perde há sete jogos e já é quinto.

Resultados e classificações da Premiership

Também respira o Tottenham de Villas-Boas, que depois de ter vencido o Fulham a meio da semana bateu neste sábado o Sunderland, espantou fantasmas e conseguiu manter-se ali no meio da enorme confusão que está a luta pelos lugares europeus na Premiership. O fim de semana inglês, recorde-se, começou com o Manchester United a acrescentar miséria a esta penosa era Moyes. Depois de ter perdido com o Everton, a sua antiga equipa, o treinador não conseguiu evitar nova derrota em Old Trafford, frente ao Newcastle.

Houve igualmente notícias da Alemanha e não são boas para os fãs do Borussia Dortmund. A equipa de Jurgen Klopp perdeu o duelo com o Bayer Leverkusen pelo segundo lugar e viu cavar-se um fosso de dez pontos para o Bayern, lá na frente. Está a seis pontos do Leverkusen, no terceiro lugar, e deixou-se apanhar pelo Borussia Mgladbach.

Resultados e classificações da Bundesliga

A questão na Alemanha também parece cada vez mais centrar-se na luta pelo segundo lugar. É que o rolo compressor do Bayern Munique de Pep Guardiola não dá hipóteses. A abrir o sábado, para aquecer, foi a Bremen vencer por nada menos que 7-0.

Em Itália houve animação, ainda que tenha representado pontos perdidos para o Nápoles ( 3-3

frente à Udinese, um dos golos marcado pelo português Bruno Fernandes), e para o Inter, que fez exatamente o mesmo resultado frente ao Parma, a fechar a jornada 15.

Resultados e classificações da Serie A

A Juventus abriu a jornada a vencer e, esta manhã, a Roma conseguiu manter a distância de três pontos para a equipa de Turim, vencendo o difícil confronto com a Fiorentina. De caminho a equipa de Rudi Garcia aumentou para 15 os jogos sem perder, recorde do clube.

Em França continua a mandar o PSG, que teve Ibrahimovic a tratar de tudo na goleada ao Sochaux antes da visita à Luz. A boa notícia para o Benfica chegou na sala de imprensa: o sueco vai ser poupado da última jornada da Liga dos Campeões.

Resultados e classificações da Ligue 1

A fechar o domingo o Mónaco venceu o Ajaccio e manteve-se a dois pontos de distância dos parisienses. A equipa de João Moutinho continua a dar-se bem mesmo sem Falcao. Foi a sua quarta vitória seguida.

Em Espanha houve intervalo na Liga, foi tempo de Taça do Rei e de os grandes fazerem rodar plantéis frente a equipas de menor dimensão. O Real Madrid facilitou tanto que ficou a zero frente ao Olimpic Xativa, da II Divisão B e tem de resolver no Bernabéu. O At. Madrid goleou

o Sant Andreu, também do terceiro escalão, antes de receber o FC Porto para a Liga dos Campeões.

Houve mais que contar no fim de semana. Por exemplo um jogo que resume na perfeição toda a imprevisibilidade do futebol holandês: PSV-Vitesse, 1-3 aos 84 minutos, acabou 2-6.

Também saiu um novo campeão. Chamam-lhe Sporting, é de Kansas City e ganhou o  título da MLS, a Liga norte-americana, depois de um longo desempate por penáltis.

E desceram dois grandes. O Brasileirão terminou na noite de domingo de forma dramática. Com violência no jogo do Vasco da Gama, um dos históricos que estava em risco e acabou mesmo por descer. Leva consigo o Fluminense, que era o campeão em título.