A outra novidade do dia foi a reintegração de Pedro Costa, uma boa notícia para Domingos Paciência, já que com o castigo de Hélder Cabral, expulso na Luz, havia uma vaga por preencher do lado esquerdo da defesa. Também Júlio César voltou a treinar-se sem limitações.

Como tem sido hábito nas últimas semanas, alguns jogadores foram poupados ao esforço, casos de Luiz Nunes (também não defrontará os portistas devido a castigo, assim como Sougou), Orlando e Cris. Na parte final do apronto, foi a vez de Saleiro se resguardar um pouco.

Depois da vitória frente ao Benfica, a segunda consecutiva em dois anos, os estudantes alcançaram a manutenção com uma antecedência inaudita desde que regressaram à Liga principal, em 2002, e procuram agora conseguir a melhor classificação dos últimos 30 anos.