De acordo com o empresário do atleta, Jorge Manuel Mendes, o acordo já foi alcançado e «deverá ser oficializado esta quinta-feira», num acto de gestão da Briosa que visa segurar um dos seus jovens talentos: «É um valor emergente, que estava a ser observados por clubes italianos, nomeadamente o Parma e a Fiorentina. Mas optou-se pela

Académica, porque ficará em casa, e era a melhor opção para ele crescer neste momento. O contrato, em princípio, será de quatro épocas.»

Flávio Ferreira é internacional sub-18 e a sua entrada no plantel enquadra-se na política recente do clube de apostar em jovens jogadores portugueses, como são disso exemplo Licá (sub-21), Éder ou Gonçalo.