O jogo, como se sabe, acabou por ser ganho (1-0) pela Académica, mas o que deixa o jogador mais desgostoso é o facto de não poder jogar o próximo na Luz e, possivelmente, também o seguinte, em Coimbra, com o F.C. Porto.

Para o senegalês, o cartão vermelho foi excessivo, já que, no seu entender, não chegou a atingir o adversário e este, depois de algum teatro, ainda acabou por o agredir com o cotovelo esquerdo.

«Não percebi a expulsão. Na altura, o Lito, que estava ao meu lado e esperava, como todos os meus colegas, o vermelho para o jogador do Belenenses, até perguntou ao árbitro de ele não estava maluco. Penso que foi uma situação para amarelo para ambos e nada mais, até porque eu não acertei no Gomez e apenas me limitei a sacudi-lo quando ele me caiu em cima», refere o avançado, com alguma revolta à mistura.

Depois de um fim-de-semana de azia, em que esteve praticamente incontactável, abrindo apenas uma excepção para o Maisfutebol, Sougou reviu as imagens do lance e espera que a Liga seja branda: «Tudo vai depender do que o árbitro terá escrito no relatório mas já sei que vou ficar de fora pelo menos na Luz. É uma pena, é um daqueles jogos em que todos querem participar. »