16 adeptos do Hammarby invadiram o treino do AIK em busca de Sebastien Eguren, ex-jogador do clube. O internacional uruguaio jogou duas épocas no Hammarby, rumou a Espanha para o Villarreal e regressou em Fevereiro à Suécia para representar o AIK, um dos rivais históricos. Essa opção de Eguren levou à loucura a falange de apoio do seu antigo emblema.

Os adeptos chegaram às instalações do AIK, entraram no relvado e tentaram agredir Eguren. Só a pronta intervenção dos treinadores e colegas de equipa evitaram males maiores. A polícia foi chamada e a ordem reposta, não sem antes Eguren ouvir uma ameaça. «Vamos apanhar-te, isto é só um aviso», relata o jornal Svenska Dagbladet.

Os últimos meses de Eguren têm sido horríveis. Perdeu espaço no Villarreal, não assinou pela Lazio devido a um problema físico mal explicado e recorreu ao mercado sueco para não perder um lugar nas escolhas do Uruguai para o Mundial.

Até lá, vai ter de conviver com este ambiente extremamente tenso em Estocolmo.