A derrota na final da Liga dos Campeões frente ao Chelsea tem um peso extra para o Bayern Munique: aconteceu no seu próprio estádio.
A equipa da Baviera tornou-se, assim, a segunda equipa a perder a final da prova em casa, imitando o feito da AS Roma que, em 1984, foi derrotada pelo Liverpool no Estádio Olímpico, curiosamente também nas grandes penalidades. Foi, também, a última vez que uma equipa disputou a final no seu próprio estádio, até esta noite.
A crónica do jogo
Antes disso já dois finalistas tinham erguido o troféu sem precisar apanhar o avião. O Real Madrid bateu a Fiorentina na época 1956/57 em pleno Santiago Bernabéu. Em 1965 foi o Inter de Milão a ganhar em casa. O adversário era...o Benfica.
No que diz respeito às restantes provas da UEFA há a registar mais três finais com equipas a jogarem nos seus estádios. O Barcelona ganhou a Taça das Taças ao Standard Liège no Camp Nou, em 1982. O Feyenoord bateu o Borussia Dortmund no De Kuip, de Roterdão, na final da Taça UEFA de 2002.
E, por fim, o Sporting que perdeu em Alvalade a final da Taça UEFA de 2005 para o CSKA Moscovo.
Finalistas que jogaram em casa na Champions:
1956/57- Real Madrid-Fiorentina, 2-0 (Santiago Bernabéu)
1964/65- Inter-Benfica, 1-0 (Giuseppe Meazza)
1983/84- Roma-Liverpool, 1-1, 2-4 g.p. (Estádio Olímpico)
2011/12- Bayern Munique-Chelsea, 1-1, 3-4 g.p. (Alianz Arena)