«Foi um bom sorteio para nós», assumiu de imediato Sir Alex: «Por vezes ficamos a pensar se seria melhor ou pior jogar primeiro em casa, mas no futebol moderno e nestas competições isso é irrelevante.»

«A única coisa que esperamos é não sofrer golos no jogo em nossa casa», afirmou o treinador, que lembrou de resto o regresso de Ronaldo ao seu país e de Anderson ao Porto e disse «conhecer» a equipa portuguesa.

«Já enfrentámos o F C. Porto antes. Obviamente que respeitamos qualquer equipa portuguesa. Temos imensa influência lusa no clube, primeiro com Carlos Queiroz, depois com Cristiano Ronaldo e Nani. Por isso compreendemos bem o futebol português», explicou o técnico escocês.

«Estamos felizes com o sorteio e ansiosos pelo embate», concluiu um muito confiante Alex Ferguson.