Portugal esteve muito perto de conseguir um importante empate no arranque da Main Round do Mundial de andebol, mas acabou por perder por um golo de diferença frente à Noruega, atual vice-campeã do mundo.

Após o jogo, Paulo Jorge Pereira, selecionador nacional, assumiu o misto de sentimentos: tristeza pela derrota e orgulho pelo grande jogo da seleção.

«Perdemos e agora temos de voltar a tentar. Quando estamos em competições, a nossa obrigação é sempre voltar a tentar. E manter esta atitude que tivemos. Tenho um sentimento de orgulho por nos termos batido até ao fim. O empate esteve perto, mas eu acreditava plenamente que podíamos vencer a Noruega, não fossem alguns detalhes, como controlar a emoção na primeira parte», começou por dizer.

«Não vamos dizer que perder por um é bom, porque essa é não é a nossa forma de estar. Posso resumir este momento com dois sentimentos: de tristeza porque podíamos ter ganhando este jogo, se tivéssemos feito um pouco melhor no final; mas por outro lado sinto orgulho por estes jogadores que se bateram por ganhar a uma das melhores seleções do mundo», concluiu.