Depois do triunfo na seleção o jogador destacou o espírito do grupo, não se alongando sobre a sua parca utilização no Benfica:

Acima de tudo, o mais importante é o espírito de grupo e a união que nós temos dentro do campo e fora dele também. Damo-nos todos muito bem, trabalhamos no máximo e o nosso valor ficou provado nestes jogos.

São opções do treinador e eu só tenho que respeitar, o que é importante agora é falar da seleção. São opções do treinador e cada um tem que respeitar o seu superior.