Javier Zabaleta, presidente da Junta Gestora de Osasuna, promoveu uma conferência de imprensa para falar sobre a situação económica do clube. Durante a conversa com os jornalistas, o dirigente falou sobre Andrés Fernández e revelou a quantia paga pelo FC Porto para garantir o guarda-redes.

«Mudámos o acordo que o Andrés Fernández já tinha com o Getafe e forçámos para que ele fosse para o FC Porto, que nos oferecia uma quantia superior. O Getafe oferecia 1,1 milhões de euros e com o FC Porto conseguimos 1,65 milhões de euros», explicou Zabaleta.