Em causa está o Beira Mar-F.C. Porto (0-0) da 31ª jornada da Liga de 2003/04, disputado a 18 de Abril.

O presidente do F.C. do Porto, Pinto da Costa, e António Araújo, empresário de futebol, estão pronunciados pelo crime de corrupção desportiva activa e ao árbitro Augusto Duarte é imputado o crime de corrupção desportiva passiva.

Mais desenvolvimentos em TVI24.