Os receios em torno do avançado tinham a ver com o facto de, nos últimos dias, ter recebido a visita de alguns amigos do seu país natal. Face ao cenário de epidemia que se vive no México, os responsáveis médicos do Arsenal decidiram não arriscar e colocaram o jogador de quarentena. Vela nem treinou na segunda-feira, mas nesta terça-feira já esteve às ordens do técnico Arsène Wenger.

«Está apto e já treinou. Teve a ver com o facto de ter recebido visitas do México na última semana», explicou o técnico francês, citado pela «Sky Sports».