A relativa gravidade da lesão já era conhecida e esperava-se que Podolski estivesse ausente cerca de dois meses. Mas o pior confirmou-se depois de novos exames realizados agora, e o alemão de 28 anos irá assim ficar de fora mais um: três meses.

O avançado até tinha sido importante no jogo anterior frente ao Fulham, ao bisar no dérbi de Londres. O ataque dos «Gunners» fica assim entregue ao francês Olivier Giroud.