O jogador português disse, no final do encontro, que Reyes tinha sido mal expulso, e o Atlético apresentou uma exposição ao comité disciplinar da Liga, que incluía as palavras de Eliseu, para que os responsáveis tivessem em conta alguns factores antes de tomarem uma decisão.

Os argumentos dos madrilenos não bastaram para livrar Reyes de um castigo, mas o relatório do jogo acabou por fazer com que o comité fosse mais brando com o espanhol do que foi com Cristiano Ronaldo, quando este teve um comportamento semelhante com Mtiliga.

Reyes não terá que cumprir mais que um jogo de castigo porque Eliseu pôde continuar a disputar a partida depois de receber assistência médica.