O ministério público acusou David Roberts de ter arremessado uma moeda, mas mudou a acusação depois de o advogado do réu ter afirmado que, na verdade, o arguido tinha lançado pastilha elástica ao juiz do encontro. Mike Dean ficou a sangrar da cabeça.

O caso chegou a tribunal e David Roberts deu-se, por fim, como culpado, ao abrigo da lei de 1991, que engloba as «ofensas no futebol». O adepto foi suspenso pela justiça por três anos, mas o clube da capital de Gales já informou que Roberts está proibido de entrar no estádio para sempre.

A polícia ainda está a analisar os vídeos do circuito interno de TV, uma vez que houve mais objectos lançados na direcção do árbitro. Não estão colocadas de parte novas acusações.