Dunne desfaleceu ao 37º quilómetro de prova. Os médicos ainda o tentaram reanimar, mas nada conseguiram fazer, pois a morte foi fulminante. A organização da prova lamentou a morte e prontificou-se a prestar apoio à família da vítima.