A ucraniana Alina Tsviliy, vice-campeã europeia dos 50 quilómetros marcha, foi suspensa preventivamente pela Unidade de Integridade no Atletiskmo (AIU), após ter acusado doping.

Tsviliy, que perdeu o título europeu para a portuguesa Inês Henriques, teve um controlo positivo ao estimulante trimetazidina.