Na manhã desta segunda-feira chegou a confirmação oficial do adeus de Klinsmann, através de um comunicado no site do clube bávaro. «O Comité directivo do Bayern de Munique comunica que Jurgen Klinsmann finalizou a sua colaboração com o clube esta segunda-feira. O mesmo é válido para os seus adjuntos Martin Vasquez e Nick Theslof. O Comité considerou que os objectivos mínimos para esta temporada foram postos em causa com os últimos resultados, o que motivou esta decisão. Agradecemos a Klinsmann e à sua equipa técnica o trabalho apresentado e desejamos o melhor para o seu futuro», oficializa a declaração dos alemães.

No mesmo documento, o Bayern de Munique anuncia o novo treinador para o que resta da época. Jupp Heynckes, ex-técnico do Benfica, foi o escolhido para assumir o banco dos bávaros e entrará de imediato em funções, dirigindo o treino do Bayern já esta terça-feira.

Heynckes, de 63 anos, regressa assim à Baviera, depois de uma passagem de quatro anos (1987-1991) pelo clube. O treinador, que passou pela Luz na época 99/2000, estava sem clube desde que deixou o Borussia M¿Gladbach, em 2006/07.

O Bayern Munique ocupa nesta altura o terceiro lugar na Bundesliga. A equipa bávara foi afastada da Liga dos Campeões nos quartos-de-final, frente ao Barcelona, depois de ter eliminado o Sporting nos «oitavos», com duas goleadas.