O internacional inglês foi alvo de uma grande recepção pelos adeptos do Manchester United. Foi aplaudido quando esteve a aquecer, foi alvo de uma enorme ovação quando substituiu Abate e foi novamente aplaudido no final do jogo. Beckham retribui a calorosa recepção com palmas para as bancadas e, quando viu o cachecol, reconheceu apenas as antigas cores do clube e não se inibiu de o pôr ao pescoço, para gáudio dos muitos adeptos que estavam ali para mostrar o seu descontentamento para com a família Glazer.

No entanto, David Beckham fez questão de se demarcar do movimento de protesto. «Sou um adepto do Manchester United e quando vi o cachecol quis pô-lo no pescoço. São as antigas cores do United mas, para ser honesto, não é um assunto que me diga respeito. Sou adepto do United e apoio o clube, mas não tenho nada a ver com a gestão do clube. Apenas apoio a equipa», referiu o antigo jogador quando teve conhecimento do peso que as antigas cores do clube ganharam.

Alex Ferguson não ficou surpreendido com a recepção que os adeptos do United fizeram a David Beckham. «Estávamos à espera disso e ele merece-o. A maior parte dos nossos antigos jogadores é recebida desta forma. O Paul Ince infelizmente foi para o Liverpool por isso não foi propriamente recebido com flores quando voltou, mas normalmente os adeptos gostam dos jogadores que fizeram grandes carreiras no clube», contou o carismático treinador escocês.