Acompanhe o jogo AO MINUTO no Maisfutebol

No Bonfim a corda esticou ao máximo, com quase cinco meses de salários em atraso, e acabou por romper com Danilo e Mateus a optarem por quebrar a ligação com o clube que continua com dificuldades extremas para cumprir com as suas obrigações. No lado do Restelo, o cenário não é muito melhor, com os jogadores sem verem a cor do dinheiro há dois meses e com porta aberta a partir da próxima terça-feira para também rescindirem. Para evitar saídas, o clube já anunciou que tenciona pagar parte dos salários em dívida na próxima semana.

Colocando as questões salariais de parte, no plano desportivo a situação também não é nada animadora. O Belenenses está mesmo em zona de descida, no fundo da tabela, com os mesmos 17 pontos do que o Rio Ave e uma derrota este sábado pode ser a estocada final na equipa de Jaime Pacheco, até porque o V. Setúbal é um dos adversários directos na luta pela manutenção. Sem vencer desde Janeiro, os «azuis» somaram apenas 3 pontos na segunda volta.

Jaime Pacheco não vai poder contar com Sérgio Organista, ainda à espera de ser operado a uma pubalgia, nem com Wender, a recuperar de uma microrrotura. Cândido Costa, por seu lado, não está ainda totalmente recuperado da pancada que sofreu no joelho esquerdo, mas está convocado e deve voltar a jogar no lado direito da defesa. Marcelo, que ficou fora das opções na derrota em Coimbra, poderá voltar a ser primeira escolha para o ataque em detrimento de Vinicius Pacheco.

Do lado da equipa do Bonfim a situação não é muito melhor, no 13º lugar, com 22 pontos, embora a equipa de Carlos Cardoso já tenha somado dez pontos na segunda volta. Os sadinos pareciam estar a conseguir afastar a crise com duas vitórias consecutivas, com o Nacional (2-0) e na Trofa (1-0), mas na última ronda regressaram de Braga de mãos a abanar (0-3).

Carlos Cardoso não vai poder contar com Leandro Lima, que vai cumprir um jogo de castigo, nem com Zoro, a recuperar de uma distensão no adutor direito, mas atenuou os problemas que se adivinhavam na defesa com a recuperação de Auri que deve voltar a constituir dupla com Robson. Bruno Ribeiro, doente, também é baixa de última hora, mas o treinador volta a ter Leandro Branco às suas ordens.

A maior dúvida será no ataque que ficou órfão de Mateus. Bruno Gama deve manter a posição, ficando por saber se Cardoso vai optar por Laionel ou Carrijo para lhe fazer companhia.

No jogo da primeira volta, no final de Novembro, na 9ª jornada, no Estádio do Bonfim, os sadinos levaram a melhor com golos de Anderson e Elias.

Equipas prováveis

BELENENSES: Júlio César; Cândido Costa, Ávalos, Kiko e Tininho; Silas, Diakité, Mano e Zé Pedro; Saulo e Marcelo.

V. SETÚBAL: Kieszek; Janício, Robson, Auri e André Marques; Elias, Hugo, Ricardo Chaves e Regula; Bruno Gama e Laionel.