A Federação belga procura um líder e escolheu o antigo técnico do Barcelona como alvo favorito. «A URBSFA teve um encontro positivo com o treinador holandês e vai prosseguir o estudo desta pista», confirmou a entidade em comunicado, justificando os rumores da imprensa belga.

O jornal Het Laastste Niews já tinha avançado com a informação de que os dirigentes da Federação se iriam reunir com Van Gaal na quarta-feira, após Dirk Scheringa, presidente do AZ, ter autorizado o técnico a negociar com selecções.

De acordo com os dados que circulam na Bélgica, está em cima da mesa a possibilidade do holandês acumular funções no AZ e na selecção, já que o seu contrato com os campeões do país das tulipas só expira em Junho 2010. François de Keersmaecker, presidente da Federação flamenga, admite o cenário. «Não é o ideal, mas para certos candidatos é uma opção.»

A Bélgica está sem seleccionador desde o inicio de Abril, quando despediu René Vandereycken por falta de resultados. Os belgas são actualmente os quartos classificados do seu grupo de apuramento para o Mundial da África do Sul.