cábula

«Eric Steele [treinador de guarda-redes] e eu estivemos a ver imagens do Tottenham a marcar penalties. Nelas pude ver que para enfrentar Jamie OHara [o primeiro a ser chamado] teria de estar quieto e ser forte, porque, provavelmente, atiraria da mesma forma. Eu já tinha estudado bastante, mas esta é uma inovação que temos no clube», contou o suplente do veterano Van der Sar, no final do jogo.

A federação inglesa, de acordo com um porta-voz, «não vai investigar» o recurso do guarda-redes ao leitor digital, pois apesar de ser uma nova estratégia no futebol «não vai contra as regras».