Paulo Odone, presidente do Grémio de Porto Alegre, anunciou nesta terça-feira a contratação do médio Diego Souza, jogador que tem sido pouco utilizado no Benfica. A imprensa local noticiou o interesse do clube em Ibson (F.C. Porto), mas o reforço para o sector intermediário passa por outro elemento proveniente do futebol português.
«Está a vir para o Grêmio. Surpreendentemente, o negócio acabou por ser mais simples que os outros que estão a ser tratados. Ele estava em Portugal, com divergências com a direcção técnica. Enfim, questões mais políticas do que técnicas. E o jogador manifestou vontade em vir para o Grêmio. Nós conseguimos fazer essa transacção com ele, que vem com muita vontade de jogar. O jogador quer vir e por ele já tinha desembarcado em Porto Alegre», explicou o presidente do Grémio, à Rádio Gaúcha.
Recorde-se que José Veiga disse, um dia, que sairia por uma porta a partir do momento em que Diego Souza entrasse no Benfica. A verdade é que o médio brasileiro foi integrado no plantel de Fernando Santos, mas acabou por ser preterido nesta primeira metade da época.
«É um jogador que tem qualidade técnica. Joga nas funções do meio-campo, segundo volante, terceiro. Joga na posição do Lucas, joga na posição do Tcheco e o reforço do meio-campo é algo essencial para nós», acrescentou Paulo Odone.
O jogador denotou mais reservas, mas confirmou o desejo de rumar ao Grémio de Porto Alegre. «Houve uma conversa com o meu empresário, mas acho que ainda estão a resolver algumas coisas. Creio que tudo vai dar certo e, se Deus quiser, eu poderei jogar no Grêmio. Vamos ver se tudo dá certo», afirmou o médio, de 21 anos.