O guarda-redes brasileiro, de 30 anos, terá, agora, pela frente «algumas semanas de recuperação» e, atendendo a que faltam oito jornadas para o final do campeonato, não deve ser opção para Quique Flores até ao termo da prova.