Insatisfeitos com o rendimento da equipa nos últimos tempos, estes adeptos mantiveram-se sentados e em silêncio durante a primeira meia-hora, e só então é que entoaram alguns cânticos.

Depois voltaram a uma postura passiva, com o protesto a repetir-se na segunda parte, com apenas um momento de cânticos, sensivelmente pela mesma altura.

O Estádio da Luz teve, por isso, um ambiente bem menos animado do que é habitual, sobretudo em noites europeias, até por uma afluência abaixo da média tradicional do recinto.

[artigo atualizado]