A 4 de Fevereiro, nas meias-finais da Taça da Liga, começou este ciclo. O Benfica venceu mas não escapou a um susto (2-1). Nesse jogo, Quim ocupou a baliza do Benfica e Miguel Vítor começou como lateral direito.

Na Liga, contudo, a hora era de Moreira. Os encarnados visitaram o Dragão com Luisão e Sidnei ao centro, David Luiz à esquerda. O empate foi selado numa grande penalidade forçada, Lisandro caiu em lance com Yebda, Lucho marcou.

Quique estava satisfeito com o rendimento da defesa mas mudava aqui e ali. Na recepção ao P. Ferreira, David Luiz trocou de flanco, veio para a direita, entrando Jorge Ribeiro para o outro lado. 3-2, à justa.

Seguiu-se Alvalade, o derby mais aguardado, David Luiz de novo à esquerda, Maxi no onze. 3-2, mas para o Sporting. David Luiz foi criticado por alguns erros individuais mas manteve a titularidade. Quique Flores excluiu Sidnei e parecia ter encontrado a sua defesa: Moreira; Maxi Pereira, Luisão, Miguel Vítor e David Luiz.

Com estes cinco homens, o Benfica vence Leixões e Naval, mas acaba por ser surpreendido em casa. O V. Guimarães marca de novo, tal como tinha acontecido na Taça da Liga, mas desta vez os encarnados ficam em branco (0-1). Marquinho foge a Miguel Vítor na linha do meio-campo, corre até à área sem oposição e, quando vê Luisão dividido, isola Roberto para o golo do triunfo.

Veio a final da Taça da Liga, o Benfica assegurou o título, após o empate no jogo corrido (1-1). Quim recuperou a aura e segurou a posição, mas Luisão não mais voltou. A equipa de Quique visitou a Amadora com David Luiz ao centro e Jorge Ribeiro à esquerda. Jogou mal mas venceu (1-2). Recebeu a Académica com Sidnei no onze e David Luiz à esquerda. Jogou bem mas perdeu (0-1).

Nestes dez jogos, o Benfica mudou a defesa em sete ocasiões. Sofreu treze golos, marcou quinze. Saldo positivo de apenas dois golos.

Descrição dos golos:

- Benfica-V. Guimarães (2-1, Taça da Liga): Cruzamento na direita, Maxi domina para o centro, Roberto remata ao poste, Desmarets emenda cruzado.

- F.C. Porto-Benfica (1-1, Liga): Lisandro cai na área em lance com Yebda, Lucho González marca a grande penalidade.

- Benfica-P. Ferreira (3-2, Liga): Rui Miguel chega à linha com Sidnei, toca para trás à entrada da área, surge Ferreira a rematar cruzado.

- Benfica-P. Ferreira (3-2, Liga): Cruzamento na direita para o flanco oposto, Chico Silva nas costas de David Luiz a rematar de primeira.

- Sporting-Benfica (3-2, Liga): Após canto, Liedson remata à entrada da área em arco.

- Sporting-Benfica (3-2, Liga): Lançamento longo de Polga, Sidnei falha o corte, Derlei afasta David Luiz e marca;

- Sporting-Benfica (3-2, Liga): Pereirinha cruza na direita, Liedson salta com Maxi Pereira por perto e marca de cabeça.

- Benfica-Leixões (2-1, Liga): Sony fura, a bola bate em Miguel Vítor, Balboa chuta contra um adversário e Rodrigo Silva, batendo a marcação de Luisão, marca.

- Naval-Benfica (1-2, Liga): Lançamento de linha lateral, Godemeche cabeceia, a bola bate no corpo de Luisão e Marcelinho remata cruzado.

- Benfica-V. Guimarães (0-1, Liga): Marquinho foge a Miguel Vítor no círculo central, corre meio-campo, toca para Roberto quando Luisão se aproxima e este marca.

- Sporting-Benfica (1-1, 2-3 g.p., Taça da Liga: Luisão foi dobrar à direita, Vukcevic tocou para o cruzamento de Caneira, Liedson surgiu entre Miguel Vítor e David Luiz a rematar ao poste. Na recarga, Pereirinha marca.

- E. Amadora-Benfica (1-1, Liga): Canto no lado esquerdo, o árbitro marca grande penalidade em lance entre Yebda e Nuno André Coelho, Varela converte.

- Benfica-Académica (0-1, Liga): Miguel Vítor dobra David Luiz e cede canto. Tiero salta com Miguel Vítor no coração da área e marca.