Cerca de duas centenas de adeptos do FC Porto reuniram-se na tarde desta segunda-feira junto ao Palácio da Justiça, no Porto, para protestar contra a condenação no caso dos e-mails.

Após uma convocatória nas redes sociais, os adeptos concentram-se junto ao edifício, alguns com as cores do clube e com cartazes de protesto, pedindo justiça na sociedade portuguesa e em particular no futebol.

«Só pergunto uma coisa: os e-mails são verdadeiros ou não? São e o Benfica é que devia de ser condenado pelo que está lá indiciado. Mas não há justiça em Portugal. O 'querido clube' manobra isto tudo», afirmou em protesto no local Fernando Borges, sócio do FC Porto há mais de 50 anos.

Recorde-se que a SAD do FC Porto e o diretor de comunicação, Francisco J. Marques, foram condenados a indemnizar o Benfica em cerca de dois milhões de euros por causa da divulgação dos e-mails do emblema encarnado no Porto Canal.

De resto, a SAD dos dragões, liderada por Pinto da Costa, já decidiu recorrer da decisão do Tribunal da Relação.