Alexander Bah chegou ao Benfica neste verão, proveniente do Slavia de Praga, e a acreditar nas suas palavras, está feliz com a aventura em Portugal.

Atualmente ao serviço da seleção dinamarquesa, o lateral-direito falou com a imprensa e contou como foi a mudança para os encarnados.

«Tinha algumas ofertas boas, diria. Tive de refletir. Reuni com o meu empresário, discutimos sobre o rumo que queríamos seguir e estou incrivelmente feliz por ter acabado por escolher o Benfica», começou por dizer, citado pelo bold.dk.

«Sempre segui o meu instinto. Podia ter ido ganhar mais dinheiro para outros lugares, mas tive a sensação de que não seria o passo certo», continuou.

Bah assume que quer jogar nas denominadas ‘Big Five’ – Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália –, e teve até oportunidade para o fazer na última janela de transferências, mas optou pelos encarnados.

«Sempre disse que quero jogar num campeonato das ‘Big Five’ e Portugal não faz parte. Podia ter optado por isso, mas senti que o Benfica era o passo certo para mim.»

Um dos clubes associados a Bah foi o Brentford, da Premier League: «Reflete-se sobre tudo, desde treinadores ao plantel, passando pelos adeptos, pelo lado financeira e pelo estilo de jogo. O último provavelmente é o mais importante, diria.»

«Não pus o lado financeiro no topo, mas isso também conta. Se alguém me oferecesse dois mil euros, isso seria um bocadinho insultuoso – mesmo que fosse o Benfica», atirou.