Logo depois do flash interview, um segurança, supostamente ligado ao Benfica, ameaçou a integridade física do jornalista Hugo Cadete, da TVI, que instantes antes questionara Jorge Jesus sobre o momento actual dos encarnados. Tudo aconteceu à porta da sala de imprensa, numa altura em que o repórter se encontrava sozinho.

Jorge Jesus: pode estar tudo bem, mas não parece

O director de campo do Beira-Mar e as forças de segurança foram alertadas para o facto, de forma a identificarem o autor da ameaça. Toda a equipa que acompanhava o jornalista teve de ser escoltada pela PSP até às respectivas viaturas, para que não surgisse mais qualquer contratempo.

Na zona mista, os responsáveis do Benfica foram confrontados com o sucedido e não quiseram fazer qualquer comentário.

[artigo actualizado]