Peçanha, guarda-redes do Marítimo, mostrou-se em declarações à Sporttv irritado com a arbitragem de João Ferreira, no final da derrota (0-5) em casa com o Benfica:
«Fizemos o jogo que nos deixaram fazer. Infelizmente quando um jogador ou um treinador vem aqui criticar o árbitro, é castigado e é multado. Mas o que fizeram hoje connosco foi brincadeira. Nós trabalhamos com seriedade, somos obrigados a respeitar os árbitros e toda a gente, mas quem nos respeita? Todos nós estamos sujeitos a errar, eu hoje errei no quinto golo, não estou a colocar em causa a seriedade de ninguém, mas exijo respeito. É o trabalho de muita gente que está a ser colocado em casa e exijo respeito por esse trabalho. Temos de parar para pensar o campeonato português, porque não vejo estas coisas em mais nenhuma Liga. Parabéns ao Benfica, mas se o árbitro não errasse o resultado não seria este. Não ouvi o que disse o Olberdam na expulsão, mas ouvi o que se passou na expulsão do Robson. O árbitro não sabia quem colocou a mão na bola, ou se tinha havido mão, mas o Cardozo foi ao ouvido dele dizer que o Robson tinha dado mão. Isto é inadmissível.»