Hoje foi dia de Liga Europa, com o Benfica e Sporting em campo na primeira mão dos oitavos-de-final. O Maisfutebol acompanhou tudo AO VIVO.
Os leões empataram a zero em Madrid, terminando o encontro com apenas nove jogadores. Grimi e Tonel foram expulsos. Carvalhal disse que um bom resultado seria vencer ou empatar com golos, mas este acaba por ser um desfecho positivo.
Os encarnados começaram a sua participação na eliminatória logo depois. Pela frente, dura oposição do Marselha, na reedição da polémica meia-final da Taça dos Campeões de 1990. Desta vez, um golo de Ben Arfa ao cair do pano, evitou a repetição do 1-0 de Vata, um desfecho que parecia anunciado depois do golo de Maxi Pereira.
RECORDE OS JOGOS AO VIVO.
Nos outros jogos da noite, o Werder Bremen, com Hugo Almeida no banco, conquistou uma ligeira vantagem no Mestalla, frente ao Valência (1-1), com Miguel a titular e Manuel Fernandes a suplente não utilizado. Frings abriu o marcador para os alemães, de penalty (24 m), e Mata, já com o Valência a jogar só com dez, fixou o empate que deixa algum alento à equipa de Unai Emery.
A surpresa veio de Atenas, onde o Standard Liège impôs uma derrota pesada (1-3) ao Panathinaikos, passando a assumir claro favoritismo na eliminatória. Witsel e Jovanovic deram vantagem madrugadora aos belgas, e o tento de Vyntra, no início da segunda parte, não teve sequência para a equipa grega: foi De Camargo a ampliar a vantagem do Standard a 15 minutos do fim.
Finalmente, a Juventus confirmou o favoritismo frente ao Fulham, conseguindo uma vantagem de dois golos em Turim (3-1), num resultado que ficou definido na primeira parte.
O Lille recebeu o magoado Liverpool depois da derrota da última jornada da Liga Inglesa frente ao Wigan, por 1-0. Infelizmente para Rafa Benítez, os «redes» voltaram a repetir o mau resultado.
Fernando Torres e companhia não conseguiram evitar a vitória da equipa do português Ricardo Costa, que não pode alinhar na Liga Europa. 1-0 foi o resultado final do encontro. O matador dos ingleses foi o jogador da equipa francesa Hazard.
Em casa do Rubin Kazan, o empate a um golo foi o resultado final da partida. Os alemães do Wolfsburgo deslocaram-se à gelada Rússia e garantiram uma igualdade, abrindo boas perspectivas para a segunda mão.
Noboa abriu o activo para a equipa da casa, mas o empate foi alcançado por Misimovic aos 67 minutos. Martins e Dzeko ficaram em branco.
Outra equipa alemã a jogar à mesma hora, o Hamburgo, conseguiu em casa uma vitória por 3-1, diante dos belgas do Anderlecht. A actual equipa do holandês Van Nistelrooy adiantou-se no marcador ainda na primeira parte, com golos de Mathijsen e do próprio avançado holandês.
O Anderlecht ainda reduziu por Legear, mas Jarolim matou o jogo aos 76 minutos, estabelecendo o resultado final em 3-1.
Primeira mão dos oitavos-de-final:
At. Madrid-Sporting, 0-0
Hamburgo-Anderlecht, 3-1
(Mathijsen, 23m; Van Nistelrooy, 40m; Jarolim, 76m)(Legear, 45m)
Lille-Liverpool, 1-0
(Hazard, 84m)
Rubin Kazan-Wolfsburgo, 1-1
(Noboa, 29m)(Misimovic, 67m)
Benfica-Marselha, 1-1
(Maxi Pereira, 76m) (Ben Arfa, 90m)
Juventus-Fulham, 3-1
(Legrottaglie, 9m; Zebina, 25m; Trezeguet, 45m) (Etuhu, 36m)

Panathinaikos-Standard Liège, 1-3
(Vyntra, 48m) (Witsel, 8m; Jovanovic, 16m; Camargo, 74m)
Valência-Werder Bremen, 1-1
(Mata, 57m) (Frings, 24m g.p.)