Uma cerimónia que foi retomada este ano, depois de um ano de pausa pelo luto relativo às mortes de Eusébio e Coluna, e que ficou marcada pela ausência do presidente Luís Filipe Vieira que, depois da vitória sobre o Estoril, dirigiu-se a casa, aconselhado pelo médico, devido a sintomas febris.

«Muito feliz por fazer parte da história deste grande clube. É um reconhecimento individual, mas toda a equipa fez parte da história do Benfica, na época fantástica que foi a temporada passada», destacou o médio argentino, em declarações à «Benfica TV». poucas horas depois de ter estado em destaque na goleada ao Estoril (6-0).

Uma cerimónia que também consagrou João Teixeira, ao lado de João Pereira (atleta de triatlo), como jogador/atleta revelação de 2014.

O último distinguido nesta noite «encarnada» foi Jorge Jesus, eleito melhor treinador do Benfica em 2014. «É com uma grande honra que recebo este Galardão. O ano de 2014 só foi possível com uma equipa muito forte, nada se ganha sozinho. Quero agradecer, não só a toda a equipa, mas também a toda a estrutura e à direção do Benfica, que não nos tem faltado com nada», comentou o treinador.

Galardões Cosme Damião 2014

1- Futebolista do Ano: Nicolás Gaitán

 

2- Mérito e Dedicação: Joaquim Ferreira Bogalho;

 

3- Revelação: João Teixeira, Equipa B, e João Pereira, Triatlo;

4- Projeto do Ano: Museu Benfica - Cosme Damião; 

5- Formação: Equipa Júnior de Andebol e Equipa Júnior de Futebol.

6- Inovação: Benfica TV Premium;

7- Parceiro: Emirates;

8- Casas do Benfica: Casa do Benfica em Elvas;

9- Homenagem: Manuel Vilarinho;

10- Modalidade: Basquetebol.

11 - Atleta de Alta competição do Ano: Valter Neves

12 - Carreira: Shéu Han

13- Treinador do Ano: Jorge Jesus.