Jorge Jesus voltou a destacar o Benfica como melhor equipa da segunda volta da Liga e explicou a subida de rendimento pelo facto de ter tido mais tempo para trabalhar com os jogadores depois do surto de covid-19 que afetou a equipa no arranque do ano. O treinador assume ainda que Everton foi um dos maiores beneficiados com o crescimento da equipa, principalmente depois da introdução da nova tática com três defesas.

«Tivemos mais tempo para trabalhar, pude trabalhar com uma equipa que deixou de estar doente, com uma equipa com intensidades altas e passar melhor as ideias em função daquilo que queríamos. Com tempo para treinar as coisas tornaram-se mais fáceis, e a nível individual alguns jogadores começaram a render mais. Somos a equipa que mais pontos fez na segunda volta», destacou.

Um desses jogadores foi precisamente Everton que parece ter encaixado melhor no onze com as mudanças táticas introduzidas pelo treinador na segunda volta. «Claro que tem a ver com isso. A nossa mudança de sistema não só para o Everton, como também para os nossos dois laterais. Teve influência para que individualmente eles também tivessem um rendimento muito maior, não tenho dúvida nenhuma», comentou ainda.