O médio italiano entrou nos descontos da vitória sobre o Galatasaray, cumprindo o quarto encontro na Liga dos Campeões: na época passada, com Jorge Jesus, foi utilizado em três jogos, dois deles como titular.

Cristante, refira-se, somou os primeiros minutos ao fim de três jogos na convocatória de Rui Vitória, tendo ficado sempre no banco.

Menos sorte teve Taarabt. O marroquino ficou no banco pela segunda vez, depois de já o ter feito no jogo da Taça de Portugal frente ao Vianense, mas à semelhança do que acontecera em Barcelos também não entrou em campo. Continua por isso à espera de cumprir os primeiros minutos com a camisola do Benfica.