Rui Vitória não concorda que o calendário do FC Porto até final da Liga seja mais fácil do que o do Benfica: como não concorda que alguém tenha a opinião contrária.

Por uma razão muito simples: é impossível saber onde se vão perder pontos.

«Se olharmos para a história do campeonatos, nós nunca sabemos qual é o jogo que define um título. Nunca sabemos. Às vezes ganha-se campeonatos frente aos grandes, outras vezes frente aos não grandes», referiu o treinador em conferência de imprensa.

«Nunca se sabe onde se vai perder pontos, por isso o que temos de fazer é pensar no jogo seguinte e concentrarmo-nos no jogo seguinte.»

Rui Vitória, como tantas vezes refere ao longo da época, recusa por isso a tirar todo o foco do jogo a seguinte: porque é só nesse que pode perder pontos.

«A jornada anterior ao FC Porto é um bom exemplo: havia um cenário no sábado e no domingo era completamente diferente», lembrou.

«Por isso o caminho é só este: focar no que podemos controlar e está a mais breve prazo, ou seja no jogo de amanhã. Porque ninguém sabe qual é o jogo que define um campeonato.»