Ljubomir Fejsa marcou presença no jantar que reuniu os nomeados aos galardões Cosme Damião, como candidato ao prémio de «Futebolista do Ano», que disputa com Jonas e Pizzi.

Em declarações à BTV, no evento desta quinta-feira, o médio sérvio manifestou a vontade de continuar na Luz.

«Não estava à espera desta nomeação, mas estou muito feliz por poder ser considerado um dos melhores futebolistas do ano. Gosto muito de representar o Benfica e espero continuar aqui muitos anos», disse Fejsa.

No jantar esteve também Rui Vitória, candidato a «Treinador do Ano», a par de Pedro Nunes (Hóquei em Patins), Mariano Ortega (Andebol) e Pedro Pinheiro (andebol - formação). 

O técnico da equipa de futebol, que nesta quinta-feira foi distinguido também pelo jornal «O Mirante», mostrou-se «satisfeito e orgulhoso» com a nomeação para o prémio Cosme Damião. «Aumenta ainda mais a responsabilidade. Sou um defensor do trabalho coletivo e acho que ninguém ganha sozinho. O Benfica tem treinadores de imensa qualidade também noutras modalidades», disse à BTV.