Rui Vitória lançou o guarda-redes Paulo Lopes para os últimos minutos no Bessa e permitiu-lhe ser também campeão nacional. No final da partida, o técnico elogiou-lhe o comportamento:

«A entrada do Paulo tem um significado importante. Entrou um guarda-redes e começámos a atacar melhor. É curioso. As coisas não estavam a correr bem, mas dissemos ‘calma, vamos lá jogar’. O Paulo merecia mais do que ninguém este título de campeão, é um jogador importante.»

[Sobre o empate]

«Sabor a vitória? É pouco relevante. Os outros dois objetivos [dar minutos a atletas e premiar quatro novos campeões] sobrepõem-se. O importante era fazer de todos os meus atletas tetracampeões. Quis também dar minutos a outros atletas. Corri riscos, obviamente, mas ver e sentir que todos eles foram premiados, sem ninguém triste, deixa-me mais satisfeito do que o resultado.»

[Sobre o apoio no Norte]

«Quero agradecer o apoio que sempre tivemos na região Norte. Aquela imagem final, com os nossos jogadores a entregarem as camisolas, é bem relevante do orgulho benfiquista.»