Alan Kardec, avançado do Benfica, em declarações após o encontro com o Marselha, a contar para a segunda mão dos oitavos-de-final da Liga Europa:
«Tive a felicidade de a bola ser bem lançada. Quando bateu no chão, ressaltou e fiquei à espera dela. Dei um belo pontapé e ela entrou. Que senti? Um grande alívio. Tínhamos de marcar dois golos, eu fiz o segundo nos descontos.»
«Taça da Liga? O Benfica não é favorito, apesar do mau momento deles. Nestes jogos não há favoritos.»
[ sobre ter apontado o golo cem do Benfica, em jogos oficiais na época 2009/10] «Marca bonita e importante, mas mais importante é ajudar o Benfica a vencer.»