Com a chegada de Jorge Jesus ao Benfica, adensaram-se os rumores de possíveis contratações para reforçar os encarnados na próxima época.

Ora, esta sexta-feira, Nélson Veríssimo considerou essa situação normal e diz que os jogadores das águias não se deixam afetar por essa questão.

«Tenho cerca de 16 anos nesta casa. Todos os anos as entradas e saídas acabam por se falar. Não sinto os jogadores afetados por essa questão, é uma situação normal, os jogadores já estão adaptados. Acaba por ser normal, não vejo nenhuma situação anormal», defendeu, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Sporting.

Ora, nesta altura Pizzi e Vinícius lutam pelo troféu de melhor marcador da Liga, juntamente com Paulinho, do Sp. Braga, e Veríssimo foi questionado precisamente sobre essa situação. Para o treinador, o mais importante é o coletivo.

«Percebo, mas aqui os objetivos coletivos estão sempre à frente de individuais. Não quer dizer que sejam desprezados. Obviamente que vão lutar por esse objetivo, mas sem nunca descurar o objetivo coletivo», atirou.