Declarações de Jorge Jesus, treinador do Benfica, na sala de imprensa do Estádio D. Afonso Henriques, após o triunfo (1-3) frente ao V. Guimarães:

«Nem tudo foi bom neste jogo, tínhamos como objetivo ganhar o jogo em Guimarães, acabar o campeonato com uma vitória, esta segunda volta só perdemos um jogo e empatámos outro. Um sinal daquilo que foi a equipa quando esteve inteira, em que pôde treinar o tempo necessário. Esta segunda volta prova isso. Outro objetivo, sabendo que temos uma final domingo, era poder descarregar fisicamente alguns jogadores, para poderem estar mais levezinhos. Não surtiu efeito porque o Veríssimo acabou por se lesionar. Fizemos um excelente jogo, o primeiro golo é uma obra de arte coletiva, como tantos outros que temos feito na segunda volta, com jogadas bem trabalhadas. Fizemos tudo o que era importante, apesar de ter pena do Guimarães com esta derrota ter saído da Liga Europa, mas o nosso trabalho era este, tínhamos de respeitar a verdade desportiva. Pelo que me disseram o Guimarães não vai ter possibilidades de jogar na Liga Europa para o ano. Agora há que preparar a equipa para o jogo de domingo com o Braga, a final da Taça de Portugal».

[Humildade] «A equipa do Benfica sempre foi humilde. Mais do que humilde. Só eu e eles sabemos o que passámos no mês de janeiro. Dezoito jogadores em casa, mais a equipa técnica em casa. Eu fui o último, mas também caí. Sei o que treinaram, as dificuldades que tinham. Quando começaram a poder ter mais tempo de treino está aqui a reposta da segunda volta»

[Reajustes para a próxima época?] «Temos ainda mais um jogo, vamos ter tempo para falar sobre isso. Todas as equipas fazem ajustamentos, ganhando ou não ganhando. Neste momento o grande objetivo, depois de hoje, é a final da Taça de Portugal, frente a um Braga que também quer ganhar e tem grande valor».