«Jogo no Arsenal e sinto-me muito, muito bem aqui», começou por dizer Bischoff, ao Maisfutebol. «Quero ficar cá, mas o meu contrato expira dentro de três meses e, por isso, estou a ver todas as possibilidades. Fala-se no Sporting, mas pode ser o Benfica, o F.C. Porto, Alemanha, Inglaterra, etc.»

Ainda assim, o médio conhece alguns dos futebolistas leoninos, principalmente os mais novos e internacionais pelas camadas jovens: «Conheço o Adrien Silva, o Pereirinha, o Patrício e, de portugueses, falo muito com o Hugo Almeida, que jogou comigo no Bremen.»

Bischoff sabe que não é muito conhecido pelos adeptos portugueses, porque nunca actuou por um emblema nacional. Por isso, aceitou o desafio de definir-se como futebolista: «Jogo a médio, a minha melhor posição é a dez, atrás dos avançados, sejam dois ou um. Tenho boa visão de jogo e técnica.»

No final, sobre o futuro, deixou escapar que «dentro de dias» espera encontrar-se com Arsène Wenger. Falta saber se o francês lhe oferecesse novo vínculo.