O Boavista necessita de continuar com uma postura humilde para defender a surpreendente liderança invicta da I Liga, mesmo que o próximo adversário seja o Sporting de Braga, na Pedreira.

É este o mote dado por Petit para o jogo deste domingo, da 6.ª jornada da Liga.

«Se somos o alvo a abater? Não. Acredito que os adversários olham para nós com mais respeito por aquilo que estamos a fazer neste bom início de época. Agora, temos de ter a humildade de querer continuar a ser a equipa que temos sido. Sabemos que isto é uma maratona de encontros e queremos amealhar o máximo de pontos possíveis. Discutimos sempre cada jogo para alcançar a vitória», frisou o técnico na conferência de imprensa deste sábado, acrescentando ainda:

«A pressão é diária e aparece nos jogos e nos treinos. Sabemos do grau de exigência do próximo desafio. O Sp. Braga vem de dois resultados negativos - um na I Liga e outro para a Liga dos Campeões -, mas esperamos que esteja forte, até porque tem um plantel com muita qualidade, jogadores bons e experientes, e joga na sua casa.»

Petit espera prosseguir a senda de «resultados e qualidade de jogo», mesmo num contexto difícil de  salários em atraso e após o clube ter estado impossibilitado pela FIFA de registar novos futebolistas no último defeso.

«Analisámos bem e vimos de que maneira podemos explorar o Sporting de Braga, assim como os aspetos em que eles nos podem criar certas dificuldades. Dentro disso, vamos apresentar-nos bem e discutir os três pontos. Sabemos que é um jogo com um grau de exigência alta, mas não vamos mudar muito a nossa ambição e forma de estar», afirmou.

Pedro Malheiro, habitual titular na posição de lateral direito, contraiu uma lesão muscular nesse último embate e vai ficar “algumas semanas” ausente dos relvados, juntando-se a César e Júlio Dabó no boletim clínico, do qual saiu esta semana o defesa Filipe Ferreira.

«O Pedro Malheiro já está connosco há algum tempo, conhece bem o que pretendemos e atravessava um bom momento, mas teve esta infelicidade. Agora, há que o recuperar e esperar que quem jogar naquela posição tenha o mesmo rendimento. Durante a semana, eu tenho a preocupação de falar alto nos treinos para que todos os atletas saibam o que têm de fazer numa função específica, caso um dia seja preciso», contou Petit, nomeando Luís Santos, Filipe Ferreira, Bernardo Conceição e Salvador Agra como pretendentes à vaga.

O Boavista lidera a I Liga, com 13 pontos, os mesmos que Sporting e FC Porto. Os axadrezados que igualaram o melhor arranque da sua história (1995/96) jogam em casa do Sp. Braga, oitavo colocado, com sete, no domingo, às 20:30, num jogo com arbitragem de Artur Soares Dias.