Rafael Bracalli, guarda-redes do Nacional, depois do jogo com o Benfica, na jornada 23 da Liga:

«Acho que o Benfica teve mérito pois jogou grande parte do tempo no ataque e procurou sempre a vitória. Sabíamos da sua qualidade e tínhamos de estar num dia muito bom para os vencer. Nós estivemos bem e mantivemos até a esperança de pontuar até ao último minuto do jogo. Sofremos um golo mas procurámos chegar ao empate. O Benfica fez um grande jogo, mas o Nacional até merecia sair com um ponto.»

[ sobre as contas na luta europeia]

«As contas não se complicaram. O V. Guimarães é quinto e tem mais quatro pontos, os outros estão todos iguais. O nosso calendário é mais acessível. Ambição há em todos os jogos e não adianta jogar bem só contra o Benfica. É lógico que estes jogos com os grandes chamam mais à atenção, pois dão na televisão e há mais olheiros. Por vezes acabamos por dar nas vistas. Cada jogo tem a sua história e hoje foi importante para mim e para os meus outros companheiros.»

[ acerca do estádio ter registado a maior assistência de sempre]«É mais bonito jogar com estádio cheio do que vazio. Todos sabem que têm muitos adeptos e estão próximo do título e por isso são apoiados por muitos adeptos.»