Timão

Entrando na segunda parte (63 m), Ronaldo estava no sítio certo para cabecear para golo, já em período de descontos, anulando o tento marcado pelo ex-benfiquista Diego Souza. Antes, Ronaldo já dera nas vistas, com um remate à trave.

Com este golo, o campeão mundial de 2002 quebrou um jejum de 14 meses sem marcar. Um dado que ajuda a explicar a euforia do jogador, advertido pelos festejos exuberantes, junto da claque do Corinthians, que provocaram a queda de uma vedação.