Na conferência de apresentação, o técnico mostrou vontade de trazer novas conquistas a um clube que comparou à selecção brasileira. «Temos de pensar sempre em conquistar títulos. Não pode ser diferente. O Fluminense é igual à selecção brasileira», disse o técnico, que levou o «escrete» ao título mundial em 1994.

O primeiro jogo de Parreira neste regresso ao Fluminense será na próxima quarta-feira, frente ao Volta Redonda, para a Taça Rio. O técnico estava no desemprego há praticamente um ano, depois de saído do cargo de seleccionador da África do Sul.