Na antevéspera do encontro com os encarnados Cajuda abriu o coração à imprensa, através da sua assessoria. «O Benfica, no futebol, é o amor da minha vida, mas o Vitória é a minha actual paixão e todos sabem como a paixão é um sentimento que nos envolve mais intensamente do que o amor.»

Cajuda não esconde que «jogar contra o Benfica é jogar contra uma parte de mim», mas salienta que há outras coisas mais importantes a respeitar. «Faço-o como sempre, com profissionalismo e dedicação à minha equipa, aos meus jogadores e aos adeptos do Vitória de Guimarães. Vamos tentar, no Estádio da Luz, roubar três pontos ao Benfica».

O treinador do Guimarães relembrou que a sua equipa «não tem sido feliz nestes jogos» contra os comandados de Quique Flores, mas há tradição anterior de bons resultados. «Sou dos treinadores que mais pontos conseguiu roubar ao Benfica», pelo que é para estar «na Luz para ganhar». Recorde-se que o Vitória minhoto fez esta época quatro jogos com o Benfica e perdeu-os todos.

Manuel Cajuda deixou ainda uma palavra de apreço e agradecimento aos adeptos vimaranenses. «[O Guimarães] É um clube que ganha de forma diferente e que mesmo perdendo sai a ganhar, porque os seus adeptos não estremecem no seu clubismo com as derrotas, pelo contrário, saem delas mais envolvidos com o clube e por isso lhes custa tanto perder», referiu o treinador.

O jogo do Estádio da Luz está marcado para as 18h45 e será dirigido pelo portuense Jorge Sousa.