Carlos Queiroz, seleccionador de Portugal, comentou desta forma o empate a zero frente a Suécia, num desfecho que compromete as aspirações lusas na fase de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2010. Declarações na flash interview da TVI:

«Claro que estamos frustrados, depois de tanto esforço. O futebol não é para quem merece, é para quem conquista, quem ganha. Gostávamos de ter feito melhor, os adeptos mereciam isso também. Nada está acabado, estamos numa situação difícil, mas isto é uma maratona. Vamos esperar, a Suécia tem sequência de jogos difíceis e nós vamos ter de ir buscar resultados fora. Tenho de cumprimentar os meus jogadores, que fizeram um esforço tremendo. Os jogadores estão tristes e frustrados, porque sentem que merecem, mas o futebol não é para quem merece, é para quem ganha, quem faz pontos. Perder mais dois pontos em casa não estava nos nossos planos. Tenho a convicção que, com esta equipa, vamos buscar os resultados para nos qualificarmos. Tenho de ser o primeiro a acreditar que podemos ter sucesso.»