Nunca, na história do futebol mundial, um jogador tinha conseguido festejar 95 vitórias ao serviço da sua seleção. O espanhol Iker Casillas atingiu essa marca nesta quarta-feira, frente à Coreia do Sul (4-1).
O guarda-redes do Real Madrid até foi suplente, mas a onze minutos do fim substituiu Reina. Com isto, Casillas acabou também por cumprir o 74º jogo internacional sem sofrer golos.
No que diz respeito ao tal recorde de vitórias internacionais, o capitão da «Roja» bateu o recorde do francês Thuram e do egípcio Ahmed Hassan, que aos 37 anos ainda joga.
Iker Casillas igualou as 130 internacionalizações de Van der Saar (Holanda), pelo que apenas três guarda-redes representaram mais vezes as respetivas seleções: o saudita Al-Deayea (178), o sueco Thomas Ravelli (143) e o sul-coreano Lee Won Jae (131).