Carlos Carvalhal, treinador do Marítimo, está suspenso por dez dias e condenado a pagar mil euros pela sua expulsão do banco de suplentes por palavras dirigidas ao juiz da partida.

Luís Vidigal, atleta do Estrela da Amadora, foi suspenso por um jogo na sequência do quinto amarelo frente ao Benfica. Também Tomás Costa e João Alves incorrem num jogo de suspensão por terem visto o quinto amarelo no Vitória de Guimarães-F.C. Porto. Bruno China, pelo mesmo motivo, vai falhar a recepção do Leixões ao Rio Ave.