O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol aplicou mais de onze mil euros em multas ao Benfica, na sequência da visita ao Bessa, para a última jornada da Liga.

Tirando 383 euros referentes à cânticos insultuosos, o resto diz respeito à utilização de material pirotécnico.

Ainda relativamente ao mesmo jogo, o Boavista paga 1913 euros de multa.

FC Porto (2908 euros), Sporting (4438), V. Guimarães (2908), Tondela (2679), Moreirense (1148) e Marítimo (306) também foram punidos com multas.

Hugo Basto, central do Arouca, foi suspenso por dois jogos, devido à expulsão frente ao Estoril.

Este castigo transita para a próxima época, por ter sido uma expulsão. O mesmo não se aplica aos jogadores que completaram uma série de cartões amarelos, ainda que o mapa de castigos do CD faça referência a um jogo de suspensão para Samaris (Benfica), Dankler (Estoril), Walter González (Arouca), Marcelo (Rio Ave), Pedro Nuno (Tondela) e Éber Bessa (Marítimo).

Referência ainda para Jorge Maciel, adjunto do Arouca, suspenso por dez dias por ter protestado de forma agressiva com o árbitro assistente principal, agarrando-lhe a camisola, inclusivamente.